3.035 relógios para "

Breitling Chronomat

"
Marca
Modelo
Preço
Diâmetro
Ano
Localização
Leia mais
Your selection

Your selection

Your selection

Sorry, your search did not match any items
Your selection

Sorry, your search did not match any items
Your selection

Sorry, your search did not match any items
Basic information
Tipo de relógio
Referência
Leia mais ...
Novo/usado
Disponibilidade
Sexo
Estado
Leia mais ...
Âmbito de fornecimento
Characteristics & functions
Corda
Material da caixa
Leia mais ...
Mostrador
Leia mais ...
Vidro
Leia mais ...
Funções
Leia mais ...
Altura
Leia mais ...
Material besel
Leia mais ...
Números do mostrador
Impermeável
Leia mais ...
Outro
Leia mais ...
Bracelete
Material da bracelete
Leia mais ...
Largura
Leia mais ...
Cor da bracelete
Leia mais ...
Material do fecho
Leia mais ...
Cancelar

Ordenar por

Breitling CHRONOMAT B01 44 new Breitling CHRONOMAT B01 44 new BR 2007 R$ 21.500

Breitling Chronomat – Um modelo de sucesso

O Chronomat é um dos modelos mais vendidos da Breitling. Particularmente apreciado por pilotos militares, este cronógrafo ganhou fama graças à sua caixa robusta e à fiabilidade dos seus calibres.

Destaques do Breitling Chronomat

  • Cronómetro com função de cronógrafo
  • Estanque até 500 m (50 bares)
  • Calibre de manufactura Breitling 01 e Breitling 04 (cronógrafo com função GMT)
  • Reserva de marcha de 70 horas
  • Tamanhos de caixa: 38 mm, 41 mm, 44 mm e 47 mm

Breitling Chronomat – com régua de cálculo para pilotos

O Breitling Chronomat conta com mais de 70 anos de sucesso. A Breitling apresentou este cronógrafo pela primeira vez no início da década de 40. Fez sucesso sobretudo pela sua régua de cálculo, que permite realizar cálculos matemáticos e vários tipos de medições como a conversão de unidades de velocidade e distância. Oferece ainda a possibilidade de multiplicar, dividir ou calcular uma regra de três. Além disso, é dotado de uma função cronográfica que permite medir intervalos de tempo com precisão. Com efeito, são estas duas funções que dão o nome a este relógio: "Chrono" de cronógrafo e "Mat" de matemática.
A Breitling continuou a desenvolver este instrumento e introduziu em 1952 o Navitimer, um cronógrafo para pilotos que permite ainda calcular a taxa de subida ou descida e o consumo de combustível.
Por ocasião do seu 100.º aniversário, em 1984, a Breitling lançou uma nova versão do Chronomat. Os pilotos da formação acrobática da Força Aérea Italiana, também conhecida pelo nome de "Frecce Tricolori", elegeram o novo Chronomat como relógio oficial. Com o passar dos anos, este relógio ganhou fama, tornando-se num dos modelos mais populares da manufactura suíça. O Chronomat distingue-se pelo seu design marcante e pela elevada funcionalidade. O design funcional é uma característica que diferencia estes modelos, que apresentam as típicas garras na luneta às 3, 6, 9 e 12 horas. Estas protegem o vidro de safira contra eventuais choques e facilitam a manipulação da luneta mesmo com luvas. Além disso, as garras posicionadas aos 15 e 45 minutos podem ser trocadas de forma a poder calcular-se os tempos para a frente e para trás. A coroa e os botões são em forma de cebola. Graças à coroa de rosca de duas juntas, este cronógrafo é estanque até 100 m de profundidade.

Breitling: conselhos de compra

Se procura um cronógrafo fiável com um visual único e uma caixa extremamente robusta, os modelos da coleção Chronomat são uma excelente escolha. Compare os diferentes modelos e opte pela versão que melhor se adapta ao seu gosto. Estes relógios são estanques até uma profundidade de 500 m (50 bar), pelo que são companheiros ideais para todo o tipo de aventuras aquáticas.
As caixas estão disponíveis em tamanhos diferentes (38, 41, 44 e 47 mm) e adaptam-se a todos os tipos de pulsos. As versões mais pequenas são ideais para pulsos femininos. Algumas destas versões apresentam um mostrador nacarado bem como índices e luneta engastados de diamantes. Os modelos usados custam cerca de 3.500 euros. O preço de um Breitling Chronomat 38 novo ronda os 4.500 euros.
As versões de 41 ou 44 mm de diâmetro adaptam-se sobretudo aos pulsos masculinos. O tamanho padrão está disponível em segunda mão a partir dos 4.000 euros. Já um exemplar novo custa cerca de 4.500 euros. O preço de um Breitling Chronomat 44 usado começa nos 3.000 euros. Um exemplar novo custa cerca de 4.000 euros.
O Chronomat GMT é particularmente vocacionado para quem viaja muito, já que oferece a função GMT para a exibição de dois fusos horários (hora local e um segundo fuso horário). Este relógio também oferece uma função de cronógrafo e existe com caixa de 44 e 47 mm de diâmetro. O Breitling Chronomat 44 GMT custa cerca de 5.500 euros. A versão de 47 mm ronda os 4.500 euros, no caso de se tratar de um exemplar usado. Se for novo, custa cerca de 5.000 euros. As primeiras edições do Breitling Chronomat com função GMT e um diâmetro de caixa de 40 mm foram lançadas entre 1990 e 2000, e estão disponíveis com um preço acessível a partir dos 1.700 euros.

Breitling Chronomat 44 – um cronógrafo para mergulhar ou voar

O Breitling Chronomat 44 salta imediatamente à vista com a sua pujante caixa de 44 mm de diâmetro. Tal como o Chronomat de 1984, o modelo atual retoma as típicas quatro garras posicionadas na luneta às 3, 6, 9 e 12 horas. Graças à robusta caixa com coroa, botões e fundo aparafusados, este cronógrafo é estanque até 500 m de profundidade (50 bar). A luneta rotativa é unidirecional e apresenta um marcador luminescente às 12 horas. Este relógio conta com todos os requisitos técnicos de um relógio de mergulho e está à altura de relógios de mergulho famosos como, por exemplo, o Rolex Submariner, que é estanque até 300 metros de profundidade (30 bar) e não possui função cronográfica.
O Breitling Chronomat 44 está disponível em várias versões: aço inoxidável, ouro maciço ou uma combinação de aço com luneta de ouro de 18 quilates. Existem também várias cores de mostrador como preto, azul, prata ou cinzento. As braceletes estão disponíveis em aço, cauchu, tecido ou pele. Alguns modelos apresentam a luneta e os índices cravejados de diamantes. O mostrador é protegido por um vidro de safira bombeado com tratamento antirreflexo de ambos os lados.
Os modelos mais recentes vêm equipados com o calibre de manufactura B01, com um submostrador dos segundos contínuos na posição das 9 horas, um contador de 30 minutos às 3 horas e um contador das 12 horas do cronógrafo às 6 horas. A data surge entre as 4 e as 5 horas. Os modelos mais antigos albergam o calibre Valjoux 7750 e apresentam a data às 3 horas. Nestes modelos, os segundos contínuos surgem às 9 horas, o contador de 30 minutos às 12 horas e o contador das 12 horas às 6 horas.

Características do Chronomat 44

  • Diâmetro de caixa de 44 mm
  • Garras na luneta às 3, 6, 9 e 12 horas
  • Caixa em aço, ouro maciço ou aço/ouro
  • Braceletes em aço, têxtil ou cauchu e correias em pele

Breitling Chronomat 41 – ideal para todos os pulsos

Se a caixa do Breitling Chronomat 44 lhe parecer demasiado grande, sugerimos a versão de 41 mm. Esta versão com um tamanho mais pequeno está disponível em aço, ouro maciço ou aço inoxidável com luneta em ouro. Existem ainda versões enriquecidas por diamantes na luneta e nos índices. Ao contrário do Chronomat 44, a versão de 41 mm é estanque apenas até 300 m. Contudo está disponível com as mesmas cores de mostrador e é complementada pela mesma variedade de braceletes e correias.

Breitling Chronomat 38 – para pulsos femininos

O Breitling Chronomat 38 dirige-se ao público feminino, e surge com uma caixa mais pequena de 38 mm de diâmetro que se adapta na perfeição a pulsos mais finos. Contudo, continua a ser um relógio num estilo desportivo que se inscreve na tendência contemporânea dos tamanhos grandes. Dispõe de uma luneta em carboneto de tungsténio, um material de alta tecnologia, ultraduro e antirriscos. Este material é também utilizado pela Omega, no modelo Globemaster. O Chronomat 38 só existe em aço inoxidável, opcionalmente com luneta em diamantes. A Breitling propõe este modelo com mostrador lacado preto ou, numa versão mais requintada, com mostrador em madrepérola, com ou sem índices com diamantes. Tal como nos modelos maiores desta coleção, esta peça é complementada por braceletes em aço, cauchu ou pele.
No seu interior bate o calibre Breitling 13. Este assenta no clássico Valjoux 7750 da ETA, um dos principais fabricantes de calibres a nível mundial. Este calibre automático dispõe de uma reserva de marcha de 42 horas, 25 rubis e é capaz de medir intervalos de tempo de 1/8 de segundo. Além disso, ostenta o certificado cronométrico atribuído pelo Controlo Oficial Suíço de Cronometria (COSC).

Breitling Chronomat com calibre de manufactura

A partir de 2009, a Breitling passou a equipar o Chronomat com o calibre de manufactura B01. Ao contrário do Valjoux 7750, que tem uma reserva de marcha de 42 horas, o B01 dispõe de uma impressionante reserva de marcha de 70 horas. A energia é fornecida ao mecanismo através de um rotor, pelo que não é necessário dar corda manualmente. O balanço oscila a 28.800 A/h, equivalente a 4 Hz, o que permite leituras até aos 1/8 de segundo. Apresenta um diâmetro de 30 mm, tal como o Valjoux 7750. Com os seus 7,2 mm, este calibre da Breitling tem menos 0,7 mm de espessura. Graças às suas dimensões, o movimento B01 pode substituir o Valjoux e é, por isso, utilizado em muitos outros modelos da manufactura.

Características técnicas do calibre B01

  • Reserva de marcha de 70 horas
  • Frequência: 28.800 A/h (4 Hz)
  • 47 rubis
  • 346 peças