LoginLogin
1.723 relógios para "

Breitling Navitimer

"
Marca
Modelo
Preço
Diâmetro
Ano
Localização
Mais
A sua escolha

A sua escolha

A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
A sua escolha

A sua pesquisa não obteve resultados
Informações gerais
Tipo de relógio
Referência
Leia mais ...
Novo/usado
Disponibilidade
Sexo
Estado
Leia mais ...
Âmbito de fornecimento
Propriedades e funções
Corda
Material da caixa
Leia mais ...
Mostrador
Leia mais ...
Vidro
Leia mais ...
Funções
Leia mais ...
Altura
Leia mais ...
Material da luneta
Leia mais ...
Números do mostrador
Impermeável
Leia mais ...
Outro
Leia mais ...
Bracelete
Material da bracelete
Leia mais ...
Largura
Leia mais ...
Cor da bracelete
Leia mais ...
Material do fecho
Leia mais ...
Cancelar

Ordenar por

Breitling Navitimer World Breitling Navitimer World R$ 14.900

Breitling Navitimer: O cronógrafo que lhe dá asas

O Breitling Navitimer é o relógio de culto dos pilotos. Lançado na década de 50, este famoso modelo da manufactura suíça independente apresenta um mostrador tricompax e várias escalas para a navegação aérea, que definem o seu visual inconfundível.

Destaques do Breitling Navitimer

  • Um dos mais populares relógios de piloto do universo relojoeiro
  • Modelo-chave da coleção Breitling
  • Cronógrafo com régua de cálculo
  • Mostrador com disposição tricompax (três submostradores)
  • Calibre de manufactura

Um relógio para pilotos

O nome deste modelo nasce da combinação das palavras "navigation" e "timer", que expressam desde logo a sua vocação e funcionalidade. Com efeito, este não é apenas um relógio, mas um instrumento técnico que oferece muito mais do que apenas a possibilidade de ler as horas e a data. Pode ser usado como um computador mecânico e foi especialmente desenhado para pilotos.
Fundada em 1884 por Léon Breitling, a marca suíça tornou-se o principal fornecedor de relógios de bordo e de piloto durante a Primeira Guerra Mundial. Em 1915, a Breitling lançou os primeiros cronógrafos acionados a partir de um único botão situado às 2 horas, que comandava todas as operações cronográficas. Em 1934, a marca inventa o sistema com dois botões colocados ao lado da coroa: um para comandar o início e a paragem; o outro, para recolocar a zero. Esta solução foi adotada por muitas outras marcas e é ainda hoje a mais comum.
Em 1952, a Breitling lançou o Navitimer, um relógio técnico especificamente concebido para pilotos, que foi rapidamente adotado como o relógio oficial da AOPA (Aircraft Owners and Pilots Association), a maior associação aeronáutica do mundo, cujo emblema decora o mostrador. A sua célebre régua de cálculo circular permite efetuar uma série de operações essenciais à navegação aérea. O calibre utilizado pela Breitling para equipar este relógio foi o Venus 178 e, durante algum tempo, também o Valjoux 72.
Dez anos após a sua estreia, o Navitimer causou sensação quando se tornou o primeiro cronógrafo a viajar no espaço no pulso do astronauta Scott Carpenter no seu voo orbital, a bordo da cápsula Aurora 7, em maio de 1962. A escala de 24 horas permitiu ao astronauta diferenciar o dia da noite quando orbitou três vezes a Terra. Em 2012, a Breitling lançou o Navitimer Cosmonaute para comemorar o voo histórico de Carpenter.
O visual original do Navitimer mantém-se praticamente inalterado desde que foi lançado. As escalas de cálculo circular são o elemento distintivo deste relógio emblemático, em cujo mostrador surge ainda hoje o emblema da AOPA.
A única diferença é que a Breitling agora oferece o Navitimer em diversas versões e tamanhos. O clássico modelo Navitimer 01 apresenta-se numa caixa de 43 mm, mas encontra-se também disponível com 46 mm, à semelhança do Navitimer 1884. Já o Navitimer 1461 apresenta um tamanho acima, com 48 mm de diâmetro. Este modelo dispõe de complicações adicionais como um calendário perpétuo que deve ser corrigido a cada quatro anos (1.461 dias). O Navitimer QP e o GMT também se inscrevem na tendência dos relógios de grandes dimensões com os seus 48 mm.
A Breitling oferece no seu catálogo diversos relógios com características especiais. O Navitimer GMT e o Navitimer World dispõem de um ponteiro suplementar para indicar um segundo fuso horário. O Navitimer 1884 apresenta um mostrador auxiliar dos pequenos segundos, situado às 9 h, com a indicação da chamada "hora militar", ou seja, uma segunda exibição da hora em 24 horas que o ajuda a distinguir o dia da noite. A versão Navitimer 01 apresenta a data numa janela situada entre as 4 e as 5 horas.

Breitling Navitimer: conselhos de compra

Procura um relógio de piloto histórico? O Breitling Navitimer é um dos mais famosos instrumentos do tempo concebidos para atender às necessidades específicas da aviação. Este cronógrafo clássico é imediatamente reconhecível graças à sua régua de cálculo circular, luneta canelada e mostrador com disposição tricompax (três submostradores).
Atualmente, a coleção Navitimer tem inúmeros modelos, entre os quais se conta o Navitimer 01 em dois tamanhos, o Navitimer 1884, o GMT, o World, o 1461, o QP, o Cosmonaute e o AOPA.
No que aos materiais das caixas diz respeito, pode escolher entre o aço e o ouro vermelho de 18 quilates. No entanto, nem todos os modelos estão disponíveis em ambos os materiais: o GMT, o 1884, o World e o AOPA existem apenas em aço. O QP, por sua vez, apenas pode ser adquirido em ouro vermelho.
O preço de um Navitimer 01 por estrear em aço ronda os 5.000 euros. Nesta ordem de valores encontra-se também a versão do tamanho acima (46 mm de diâmetro). O preço da versão em ouro vermelho começa nos 14.000 euros.
Interessante é o preço surpreendentemente acessível dos primeiros Navitimer, com a referência 806. Um exemplar vintage de 1960 custa cerca de 4.000 euros. Dependendo do estado de conservação, pode alcançar os 6.000 ou os 7.000 euros. Outros relógios de culto desta mesma época, como o Omega Speedmaster Professional "Moonwatch", têm um preço substancialmente mais elevado.
Os primeiros Navitimer vinham equipados exclusivamente com movimentos mecânicos de corda manual. A versão com o calibre Valjoux 72 é extremamente rara e atualmente muito procurada. Em 1969, a Breitling lançou os primeiros movimentos cronográficos de corda automática. Os cronógrafos equipados com estes mecanismos são facilmente identificáveis pela referência 1806, cujo preço oscila entre os 2.500 e os 4.000 euros. Os Cosmonaute dos anos 1960 também se encontram ainda no mercado com a referência 809 e custam entre 5.000 e 7.000 euros.

Algumas dicas de compra

  • Exemplares não usados em aço por cerca de 5.000 euros
  • Exemplares com caixa em ouro vermelho por cerca de 14.000 euros
  • Vasta seleção de relógios vintage entre os 2.500 e os 5.000 euros
  • Modelos dos anos 1950 e 60 identificados com a referência 806
  • Primeiros movimentos automáticos desde 1969 (referência 1806)

A famosa régua de cálculo da aviação

O elemento que mais se destaca no mostrador do Navitimer é, sem dúvida, a luneta rotativa com régua de cálculo circular que permite efetuar uma série de operações ligadas à navegação aérea. A escala exterior pode ser rodada através da luneta, ao passo que a escala situada no perímetro do mostrador é fixa. Estas duas escalas funcionam em conjunto como uma régua de cálculo e permitem realizar diversos cálculos matemáticos.
Com o Navitimer é possível converter distâncias em milhas terrestres, marítimas ou quilómetros. Também permite calcular velocidade de voo, tempos de voo, milhas percorridas por minuto, taxa de subida ou descida e consumo de querosene. A Breitling disponibiliza na sua página oficial um manual de instruções que explica detalhadamente como realizar cada um destes cálculos.

Calibre de manufactura Breitling 01 desde 2009

Na mais recente renovação ao Navitimer, a marca suíça apresentou com orgulho o calibre de manufactura que passou a dar vida ao clássico cronógrafo de aviação: o Breitling 01. O movimento automático produzido in-house foi introduzido em 2009 e oscila a 28.800 alternâncias por hora, tem 47 rubis e apresenta uma impressionante reserva de marcha de 70 horas. Além disso, é capaz de medir intervalos de tempo de 1/4 de segundo.
O Cosmonaute apresenta uma escala de 24 horas e alberga o calibre 02, ao passo que o GMT vem equipado com o calibre 04. Ambos são movimentos fabricados pela própria Breitling que oscilam a 28.800 A/h e dispõem de uma reserva de marcha de 70 horas.
A Breitling equipava os primeiros modelos do Navitimer com movimentos da ETA. Estes são calibres suíços de alta qualidade que podem ser reparados e mantidos por qualquer relojoeiro profissional. Existem também alguns modelos Navitimer com um mostrador digital alimentado por um calibre de quartzo, surgidos na época em que a marca tentava reagir à crise do quartzo. Não deixam de ser peças interessantes para um colecionador de curiosidades relojoeiras históricas.
Que alternativas existem no mercado para o Breitling Navitimer? Com efeito, o segmento dos relógios de aviação é bastante rico e o que não faltam são bons relógios de piloto. Sugerimos, por exemplo, o Fortis Flieger ou o IWC Pilot Chronograph. Dá-se especial destaque ao Sinn 903, que, em termos técnicos, se aproxima bastante do Navitimer. As semelhanças não são de todo um acaso e devem-se ao facto de esta manufactura alemã ter comprado a licença à Breitling para fabricar um relógio bastante idêntico, na época da crise do quartzo. O Sinn 903 tem algumas características interessantes, como o facto de ser estanque até 100 m (10 bar) ao passo que o Navitimer é estanque apenas até 30 m (30 bar). O preço é também bastante apelativo e ronda os 2.500 euros, no caso de ser um exemplar não usado. Este relógio alberga o movimento SW 500 da Sellita. Trata-se de um mecanismo muito semelhante ao calibre cronográfico Valjoux 7750.